Optimiza os processos de trabalho e a comunicação

O desenho de Intranets requer uma metodologia apropriada que contemple os processos de trabalho de cada organização e cultura empresarial.
A competência em integração de sistemas é fundamental para o sucesso de uma intranet, nomeadamente com aplicações de gestão documental, arquivo, correio electrónico e ERP’s.

Definição de intranet

Compreende a aplicação das tecnologias da Internet às redes informáticas internas das empresas e organizações, tirando partido dos seus baixos custos, permitindo a estas a melhoria dos seus processos de negócio. Uma vez que as redes informáticas são hoje quase omnipresentes, a sua utilização potencia exponencialmente as empresas, pelo que não é exagero considerar a intranet como uma das principais ferramentas de negócio a serem utilizadas.

Entre os seus benefícios conta-se a panóplia de aplicações tornadas possíveis, a definição de processos de work-flow com facilidade nas aplicações WebBusiness, a enorme facilidade de aprendizagem e o auto-desenvolvimento orientado por tarefas que ela fomenta, melhorando o acesso dos colaboradores à informação estratégica no desenrolar dos seus processos dentro da organização – tudo condizente à redução global dos custos operacionais.
Igualmente benéfico se apresenta o facto de serem baseadas em standards abertos que possibilitam a integração com outros tipos de software instalados na empresa e a implementação num curto espaço de tempo.
As aplicações e informação sobre Intranet constituem um veículo fundamental para adicionar valor aos processos das organizações potenciando a produtividade ao possibilitar um melhor processamento da informação e a melhoria nas decisões.

Casos práticos de informações a disponibilizar numa Intranet:

  • Informação para o seu pessoal (informação sobre a empresa, sobre as regras da mesma, jornal da empresa, comunicações dos departamentos de pessoal ou de marketing), para os seus parceiros (porte folio dos seus serviços, promoções, regras e prémios, para os seus clientes ou para os seus principais clientes (áreas individuais);
  • Documentação técnica, de marketing e/ou de pós-venda;
  • Documentação para toda a empresa relacionada com Qualidade (regras ISO, instruções internas, auditorias);
  • Áreas colaborativas de discussão de assuntos técnicos ou de procura de soluções para a empresa.

Siga-nos

Partilhe-nos

Webuild
16 Anos